5 de abr de 2012

As dores e as delícias de ter uma gata hiperativa

Estou eu bem bela [adormecida], aproveitando a manhã de chuva [sim, chuva em Santa Maria! Huhu!], fresquinho, curtindo uma preguicinha gostosa, quando...

Na velocidade de um raio, dentre os tantos que cortavam o céu do coração do RS, em desabalada carreira, lá da sala [suponho eu] vem quem? QUEM? Sim, ela mesma e agora tem uma seguidora-competidora à altura. Benta e Clara na correria matinal. Detalhe: Benta sobre na cama e dá um "cavalo-de-pau"...
 



...na minha cabeça!
Resultado:

5 comentários:

  1. Imagino a cena, acontece seguido aqui.
    São muito amados esses gatitos, aceito de bom grado ser massacrada por eles!
    Beijos, ótimo feriado.
    Beth

    ResponderExcluir
  2. Machucados de amor felino!
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Gente, que monstrinhas! Ainda bem que nos últimos anos eu aprendi a cortar as unhas das minhas! Mas antes disso levei muitas unhadas e garanto que nunca fui unhada com tanta intensidade como você!
    Uma vez o Barum estava correndo pelo quintal e eu estava arrancando ervas daninhas quando levei uma cabeçada horrível, quebrou meu óculos no meio e fiquei com um olho roxo! Naquele dia eu não achei que foi um machucado de amor...
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eu até cortava a pontinha, uma operação de guerra. Nos últimos tempos andei relaxando, mas neste feriado vou ter que tomar coragem e cortar de novo. A Benta correu como se estivesse no chão! Imagina...a foto saiu até meio sebosa pq tirei a foto logo ao cordar pra registrar o fato hehehe

      Excluir

É muito bom ler outras pessoas participando aqui mas, por favor, eu também quero comentar: retirem a verificação de palavras do blogue de vocês!
Obrigada!