21 de jun de 2018

Digo que vou me mudar? De novo?

Pois a cigana Sandra Rosa Madalena (música conhecida no Brasil) vai se mudar...de novo!
Posso esclarecer? Esclarecerei:
  1. Bem bom o condomínio onde moro, mas meio longe de recursos. Como (ainda) não planto o que como, nem tenho carro, saí a procurar um lugar no qual eu pudesse percorrer a pé as distâncias até supermercados, farmácias, lojas, fruteiras, lotéricas, bancos, hospitais etc.
  2. A mudança, em si, deve sair por outubro. Tem toda a burocracia do financiamento, prazo para o atual proprietário sair do imóvel, colocação de rede de segurança para as gatas etc.
  3. Simples, como sempre, pequeno, mas decente, perto de tudo, de meu ônibus para o trabalho e, melhor, com feiras de hortifruti aqui e ali e muito, MUITOS, parques e praças nos arredores.
Simplifiquei tanto a minha vida que minha mudança vai ser bem pequena.
Enquanto isso, fico pensando: vou ter que contar para as peludas que elas vão se mudar hehehehe

Tem TV de pássaros para as gatas de entreterem...hehehe

"Nada é permanente, exceto a mudança." Heráclito


16 de fev de 2018

Na positividade

Ou tentando...
Praticamente não vejo TV e rádio, que eu tanto gostava, estou escutando cada vez menos. Por quê? Por só ter notícias ruins.
Sinceramente, gente, tá demais! Já escrevi no blog que a questão não é se alienar, mas o que é notícia, afinal? Antigamente, se morria alguém na outra cidade (ou até na mesma) a gente nem ficava sabendo e tocava a vida. Hoje em dia, qualquer atropelamento vem nos poluir a mente. 
Podemos agir localmente, não somos Super Homem ou Mulher Maravilha para salvarmos o mundo.
Então conectar na positividade está uma tarefa bem trabalhosa. 
No entanto, existem anônimos fazendo o bem, construindo, amando o próximo, labutando de forma honesta e não são divulgados.
Tempos difíceis...mas não quero desanimar!

Fim de semana em Santa Catarina, conhecendo as grutas de Botuverá (http://www.botuvera.sc.gov.br/turismo-lazer/parque-das-grutas)
Quando posso estar na Natureza, tudo é tão direitinho, tão bom. Sim, sim, não sou ingênua para pensar que não existam conflitos, mas são por território, comida, coisas necessárias. A natureza não cobiça, luta pelo necessário para viver e vive.
Este sistema das cidades de vivermos amontoados uns em cima dos outros, não podendo usar nem uma janela em paz já está esgotando.
Talvez o sítio da Cris não seja um sítio (chácara, quinta) e sim uma simples casa com pátio. Vamos deixar fluir...

20 de jan de 2018

Não sou uma "musicófila", mas...

...tem algumas músicas, cantores e grupos musicais aos quais sou fiel. Minhas predileções devem ter parado lá pela década de noventa, mas depois, em minha opinião, as boas músicas ficaram bem mais raras. 
Sou fã "de pompom" do Queen, mas como não ser?


Um pouco de música para os meus sábados de Maria (faxina). É colocar Queen e sair varrendo, passando pano na casa, lavando louça hehehe


Para todas as idades, uma das melhores bandas de todos os tempos!

3 de jan de 2018

Novos ânimos

Eu penso que um ano novo começa a cada dia, apenas convencionamos que seria na virada de 31 de dezembro para 1 de janeiro. Então podemos recomeçar todos os dias. Só que todo o clima de Reveillon é uma energia bem poderosa para fazermos algumas mudanças e iniciarmos novos caminhos, atitudes e hábitos. 

Meu novo interesse: tirar fotos de meus amanheceres (céu, em geral). Este foi no inverno, pássaros

Esperei o prazo regulamentar e saí do Facebook (novamente) e...aqui estou! Não tenho problemas em deixar o Facebook, o que é ruim é que várias empresas, grupos de caminhada etc. só têm página lá e não mais website. Isso dificulta muito para quem não quer ser sugado para o buraco negro da distração e tempo perdido, mas, enfim, é uma escolha e como toda escolha tem pontos positivos e negativos.
Outra volta a um bom hábito é que eu tinha vendido minha TV, no início do ano passado. Estava só com uma tela que tenho de um rádio-TV. Acontece que aqui, no Brasil, estão mudando para a TV digital e o sinal analógico será desligado, em minha cidade, em 31 de janeiro. Pensei por 3 segundos em comprar uma nova TV já adaptada e logo perdi a vontade. Passei alguns anos sem TV, quando morei em Florianópolis e Santa Maria e, sinceramente? Para mim não faz falta.  Critico quem tem? Não. Reforço: PARA MIM, não faz falta. Então viva e deixe viver. Aproveito tanto o tempo, caminho, leio, tomo meu chimarrão e bato papo, arrumo minhas coisas, escrevo, contemplo, enfim, gosto de viver assim e já estou na fase de viver, ao máximo, como gosto e posso.

Não sei se já postei esta foto, mas gosto tanto dela. A Benta contemplativa (ou fofoqueira, cuidando a vida dos outros, como quiserem)

Outra mudança, já perceberam, voltei mais ao blog. Estava sentindo falta de escrever mais ou, ao menos, colocar coisas mais significativas. menos superficiais e rasas. 
Recomecei minhas caminhadas. Eu estava muito sedentária, me afastei de algo que amo, que adoro que é caminhar. Hoje, caminhando, estava pensando: caminhar é tão meditativo para mim, fico sensível ao visual, às sensações, aos pés tocando o chão. Caminhar "me dá barato", devem ser as endorfinas hahaha. Por conta disto, e como estímulo, já vi uma das caminhadas tradicionais, no Brasil, e vou treinar para ela (100 e poucos quilômetros). Vai ser em um feriadão lá por junho e, se tudo der certo, posto fotos aqui.

Este é apenas um dos fantásticos amanheceres que presencio. Divino, não?

Um tempo depois que me mudei, comecei a sentir, de novo, umas coceiras de cigana, de me mudar, mas parei. Trabalhei o sentimento de contentamento por estar onde estava, era o apartamento que eu queria e foi um lance de "sorte" (muita sincronicidade aí) comprá-lo e por um bom preço (na época, estava desempregada, free lancer). Pequeno, um dormitório, quarto piso sem elevador, popular, mas...bem na medida de meu viver, silencioso, tem sol da manhã durante TODO o ano, posso dormir de janelas abertas (praticamente não tem mosquitos) e tem esta vista deslumbrante. Uma das poucas desvantagens, que me incomoda, é ter poucos recursos bem perto. Tem dois mercados de bairro, na frente, mas muito limitados. E, claro, eu gostaria de ter um lugar para plantar, mas já vi que aqui não dá. Falta cultura e educação do pessoal do condomínio.

Lua

Não estou com muita disposição de me mudar tão cedo, até porque moro perto de meu trabalho atual, então a ideia que anda circulando é minha irmã e eu comprarmos um lote de terra para sítio, um lugar de descanso e para plantarmos. Vamos ver, é apenas o embrião de um plano. Nos demos este ano para decidirmos e vermos onde o vento nos leva.
Além de paz de espírito (lema deste ano), tenho que trabalhar MUITO a disciplina. Andei meio jogada ultimamente e acabei engordando e desabando. Todo mundo morre, mas quero fazer este meu trajeto, pela aventura da vida, o melhor que puder, com o máximo de saúde que puder. A minha parte eu vou fazer, a genética e o meio têm sua influência, mas se a gente não fizer nada eles tomam conta.

Rara fotos das 3 gatas juntas. Delícia conviver com elas.

A vida é uma aventura e é esta que temos. Vamos parar de nos poluir, em todos os sentidos, e aproveitar este tempo precioso que não volta atrás.
Vou usufruir minha vida, do jeito que dá, do jeito que posso. 
Fiquem BEM e fiquem NO BEM!

1 de jan de 2018

Dia Internacional da Paz: EMPATIA


Todos temem a morte, todos amam a vida. Projete você mesmo em todas as criaturas. Então, a quem você poderá ferir? Que mal você poderá fazerBuda

31 de dez de 2017

Para 2018

Só o que eu desejo é PAZ DE ESPÍRITO!

Com paz de espírito, superamos tudo e nos irmanamos a todas as criaturas

Pode parecer pouco, mas a paz de espírito engloba toda PAZ e todo o BEM

Que em 2018, façamos o trabalho interior, pois o mundo não muda se não mudarmos!