24 de set de 2016

Mudança formiguinha: como foi feita

Minha mudança formiguinha foi feita com grandes sacolas, que minha irmã me emprestou, uma mochila grande (75 litros) que eu tinha e muito braço para carregar as caixas.
E, claro, uma "ajuda" muito atenta de auxiliares peludas. Como sempre, a que mais me auxilia é a Benta. Quer ver tudo, quer saber tudo, quer inspecionar tudo, está sempre em cima do que eu estou fazendo.

Benta: hmmm, bom tamanho, resistente, costuras bem feitas...

Benta: pode usar, mamis, aprovada por minha supervisão felina de qualidade

23 de set de 2016

Crônica de MAIS uma mudança: formiguinha

Então me mudei MAIS uma vez, neste tempo fora do blog. Aliás, bastante coisas aconteceram, aos poucos vou atualizando.
Quanto à mudança, foi dentro do mesmo condomínio, mas para um apartamento menor. Sabem como é, a crise econômica batendo e a gente tem que dar um jeito. Também eu queria morar em um lugar menor, é mais fácil de limpar, conservar e não me sinto bem com espaços não utilizados. 
Sempre "namorava" um bloco do condomínio, que é mais alto, e uma posição que bate sol o ano inteiro. Quando digo "bate sol", me refiro sempre ao sol da manhã (mais saudável), porque evito, ao máximo lugar com sol da tarde (fica extremamente quente, no verão). Tinham dois apartamentos mais altos, um de 2D (dormitórios), na mesma orientação que o meu apto antigo (bate sol apenas alguns meses do ano) e é 2D, grande para meus padrões atuais e um de 1D que estava sempre fechado. 
Pois por várias sincronicidades, consegui um comprador para meu apto antigo, sem muito esforço e sem intermediação de imobiliária, e saí procurando outro apto de 1D. Até visitei uns, aqui na zona norte de POA, em lugares com mais comércio e melhor disponibilidade de transporte, mas bem ruins, acabados, quebrados, precisando de fortes reformas (detesto arrghhh a gente só se incomoda) e...caros! Fui olhando na Internet e vi um, barato, bem conservado e...coincidência (?) no meu condomínio. Fui olhar e adivinhem? Aham, naquele bloco que eu queria e era aquele apartamento que estava sempre fechado. Fechei negócio.
É um apartamento pequeno, mas na medida exata de minhas necessidades, uma vista bonita (fotos) e sol toda a manhã. Quer mais? Não, estou pura gratidão ao universo por ter me presenteado com isto. Ainda mesmo condomínio, aquele simples e popular, mas muito bem cuidado. Por dentro, para minha surpresa, estava bem bom, somente com pequenas coisas a fazer de imediato. 
Reforma feita, iniciei minha mudança formiguinha (little ant), pois não ia contratar uma empresa para fazer mudança no mesmo condomínio, né? Economia é a palavra da vez! Contratei um senhor que trabalha nos serviços gerais e, tradicionalmente, é ele que faz as mudanças internas (bem comuns aqui) em um carrinho. Ele fez a mudança pesada, dos móveis, e eu, no estilo formiguinha carregando folhas, fiz a mudança das miudezas. Demorou um monte, mas já estou definitivamente no novo lar. As gatas estão adorando e se adaptaram muito rápido.

Parte da vista do morro (adoro morros)

Olhando bem em frente, esta é a vista. É, literalmente, um dos dois apartamentos mais altos do condomínio

Na outra parte, fundo de eucaliptos.

Vejo o nascer do sol e da lua (lua lá no horizonte)
Enfim, bem feliz com estas modificações na minha vida! A casa está aconchegante, do tamanho ideal e as gatas conseguem até fazer correrias hehehe
Algumas pequenas coisas a consertar/atualizar, mas aos poucos.

22 de set de 2016

Primavera

Linda imagem dando boas vindas à Primavera!
(minha franquia Internet se renovou hoje e, logo, pretendo postar as crônicas da mudança formiguinha)



31 de jul de 2016

Mudanças na vida

Andei afastada do blog, misto de preguiça, correria e tentar curtir, ao máximo, os últimos dias de meu ano sabático (por desemprego hehehe).
O que eu fiz neste ano? Aproveitei muito para curtir a minha casa e as gatas. Só? Basicamente, sim e foi muito bom, foi ótimo! Um dos melhores anos que me lembre, muita paz!
Mas...a vida muda!




Queria ir para um apartamento menor. A crise ajudou e as sincronicidades fecharam o negócio e vendi meu apartamento de 2 quartos e estou mudando para um de 1 dormitório. É no mesmo condomínio, eu até procurei em outros lugares, mas estavam muito caros e necessitando de reformas. O melhor que achei foi aqui mesmo, em andar mais alto (sem vizinho de cima huhuuu) e com mais sol do que neste atual (apesar disso, é bem iluminado). Esta semana começam as idas e vindas com minhas coisas, quero impermeabilizar uma parede e pintar.
E mais! Fiz um concurso, passei e já fui nomeada. Devo começar a trabalhar no fim deste mês. Vou tentar deixar para o último prazo, pois quero me mudar antes e não acumular as duas funções ao mesmo tempo. Vou voltar a ser intérprete de língua de sinais.


Pois nas minhas reflexões percebo que a gratidão é uma das principais chaves para a felicidade, então agradeço a oportunidade de ter uma casa e de conseguir um emprego. Também agradeço a companhia silenciosa e amorosa das gatas.
Nova vida!

22 de jun de 2016

Se vai uma das dindas da Clara Francesca

Participei de uma lista de discussão sobre gatos e era costume, entre nós, apadrinhar e amadrinhar umas os gatos das outras. Clara Francesca foi reivindicada pela Rosi Müller, gente do bem e batalhadora.
Soube, ano passado, que a Rosi estava doente. Meu último contato com ela foi quando ela me recomendou telas de proteção para meu apartamento. Depois, até para não ficar atazanando a pessoa que precisa de repouso e de se recuperar, não nos contatamos mais muito.


Estava viajando para fazer um concurso e, de tarde, chego e abro o Facebook e tenho a notícia de que a Rosi foi para o andar de cima. Dizem que os bons se vão, né? Acredito que sim e se houver a vida espiritual, como alguns dizem, que ela seja recebida por todos os gatinhos que amou nesta vida na terra.
A vida é um piscar de olhos, aproveitemos cada gota, cada momento!