14 de out de 2012

E aí tudo se encaixa...

e a gente percebe que tudo na nossa vida fez sentido e se encaminhou para onde deveria ser.
Que sou feliz do jeito que sou.
Que, na minha vida, o melhor PARA MIM se realizou.
Nada falta, nada sobra, era assim que deveria ser, era assim que deveria estar.
http://2.bp.blogspot.com/_VRlPttbb0FM/RsPX6I4gq2I/AAAAAAAAALs/hmT3e_bd4T8/s400/eu+sou+feliz.gif

O que os outros têm é para eles.
O que eu tenho é para mim.
Não existe a mesma medida em vidas diferentes.
Que por mais estranha e incompreensível, para muitos, a minha vida e o modo como a levo são perfeitos para mim!

5 comentários:

  1. Bom ler isto! A felicidade,com certeza, é particular e única, o que te faz feliz nem sempre cabe na felicidade do outro mas o que importa é que caiba na tua.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Verdade, a única bandeira que merece ser erguida é aquela que nos faz felizes!
    Beijinhos,
    Beth

    ResponderExcluir
  3. Acho que temos que passar por muitas situações boas e ruins para aceitar que somos felizes e não precisamos ser como as outras pessoas. Eu ainda me sinto muito cobrada para ser diferente e me sinto angustiada com isso mas amo a minha vida mesmo nas dificuldades.
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  4. É isso mesmo!! É aquela velha história, às vezes ficamos preocupados, que a galinha do vizinho é mais gorda, mas talvez a galinha do vizinho não se portaria como gostaríamos em nossa casa! Por isso, temos o que nos é adequado.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu também sou feliz e tento valorizar o que tenho e não ficar comparando a minha vida com a dos outros.
    beijos

    ResponderExcluir

É muito bom ler outras pessoas participando aqui mas, por favor, eu também quero comentar: retirem a verificação de palavras do blogue de vocês!
Obrigada!