13 de fev de 2012

Emagrecer: não é uma questão só estética

No meu caso, na minha fase atual, é uma questão, muito importante de saúde. Com a idade o metabolismo vai ficando mais lento, gosto de caminhar e o sobrepeso castiga as articulações, meus pais faleceram de doenças cardíacas, etc., etc...
Quando eu falo que PRECISO emagrecer as pessoas pensam, direto, em questões estéticas. Não que eu não quera ficar mais bonita, menos inchada, mas me preocupo com meu peso atual e as consequências que isto tem pra minha saúde.
A gente sabe o que fazer, mas cadê a disciplina?
Bem, tenho que dar um jeito nisso e não é amanhã, é AGORA!
Amanhã: marcar endocrinologista.

http://www.dietaeregime.com.br/wp-content/uploads/2011/01/dieta-da-usp-perder-15-quilos-em-15-dias-.jpg
Peso atual: 80 Kg (horror, horror, horror)

8 comentários:

  1. 80 kg mas com que altura? É preciso fazer essa relação. O primeiro passo é esse mesmo: endocrinologista e muita determinação. Vais conseguir, tenho certeza!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. O meu problema é que estou pensando apenas no lado estético e não na minha saúde. Meu pai morreu aos 84 anos, era magro, não tinha problemas cardíacos, começou a ter complicações com Alzheimer. Minha mãe vai fazer 81 anos e está melhor que eu ! Faz atividades físicas diariamente, faz uma alimentação super equilibrada, mas não é de hoje, é da vida inteira, se ela engorda 1 quilo já se acha gorda. O problema de emagrecer é que não é por determinado tempo, é para sempre, tem que ter disciplina pra sempre. E se tiver disciplina esse pra sempre dura muito mais !
    Eu também vou me comprometer a ter mais disciplina!
    Beijo
    Laís

    ResponderExcluir
  3. É um dos objetivos deste ano, vou aos poucos (haja paciência), mas TENHO que fazer isto. Obrigada pela força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, torço para que consigas atingir a meta. E, como Laís falou, a disciplina é para sempre e, se não for acompanhada de muuuuito exercício físico é difícil. Meu metabolismo é uma cruza de lesma com caranguejo. Só como produtos integrais, açúcar nem adoçantes existem na minha casa, não como frituras e mesmo com a cirurgia que fiz em novembro de 2011, entrei com 65Kg e saí com os mesmos 65 e isso que o útero (com a respectiva neoplasia), os ovários e litros e litros de linfa despejados pelo dreno ficaram no hospital. Não há explicação lógica. Mas, se gostas de guloseimas e carne gorda corte radicalmente e já sentirás a diferença!
      Força menina!

      Excluir
    2. Beth, obrigada pela torcida. O que acontece é que eu diminui demais minha atividade física com a pós. Para veres eu amo saladas, adoro frutas, não faço frituras (pq sou preguiçosa na cozinha mesmo pra limpar a sujeirama que fica), mAAAs confesso: doces são minha perdição.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Ô comadre, põe grude nesta peruca! Bah! Voltei da caminhadinha agora, tem que ter foco...duplo bah

      Excluir

É muito bom ler outras pessoas participando aqui mas, por favor, eu também quero comentar: retirem a verificação de palavras do blogue de vocês!
Obrigada!