7 de set de 2012

Um é pouco, dois é bom, três ou mais é bom demais!

5 comentários:

  1. É verdade! Quando eu tinha 3 gatos era mais fácil do que só a Rutha e a Pink. O Martim era amigo das duas e dormia pertinho delas, ganhava chamegos delas e viviam mais calmos. É verdade que saiam muitas brigas porque ele queria morder e pegava as 2 de surpresa mas depois ficava tudo bem. Depois que ele partiu as 2 viviam se estranhando e agora a Pink vive bem estressada sozinha mas tenho certeza que se aparecer outro gato por aqui vai ser um drama!
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  2. Estou te convidando para passar um final de semana aqui conosco, trinta gatos e nove cuscos, botando a mão na massa e aí veremos se mais de três gatos também é bom...heheheheh!!!
    Beijinhos, ótimo findi.
    Beth

    ResponderExcluir
  3. Para mim é o número perfeito! Só com a Mel foi bom, mas era meio solitário para ela. Acho que as espécies precisam conviver com seus iguais. Chegou a Benta, sem planejar, ficou meio tumultuado pq ela queria brincar, cheia de energia, e a Mel já não estava nesses ânimos. A Clara trouxe o balanço necessário para a relação.

    ResponderExcluir
  4. Eu sou dá conta do 3!
    beijos

    ResponderExcluir

É muito bom ler outras pessoas participando aqui mas, por favor, eu também quero comentar: retirem a verificação de palavras do blogue de vocês!
Obrigada!