19 de jan de 2013

Eremita

Tenho grandes anseios de solidão. Não é como as pessoas pensam, fugir do mundo, não contatar com nada e com ninguém e sim de ter mais tempo no silêncio, na quietude e sem os rituais da vida moderna. Rituais não, melhor dizendo: escravidão. Por passarmos para uma sociedade industrializada, materialista e consumista ganhamos um pouco e perdemos muito. Ganhamos uma certa proteção contra as incertezas da pequena produção, temos uma abundância de comida e bens jamais vista, mas, ao meu ver perdemos tanto. Perdemos o contato com a vida. Nossa vida, nosso cérebro, nosso espírito se criam e vivem tão agitados que muitos perdem a sensação dos pequenos prazeres da vida, da vida simplesmente. 

http://3.bp.blogspot.com/_xwWVmRlPyOk/TJdwx0I6gKI/AAAAAAAAChE/-IKVLVl15HM/s1600/hermit2.jpg

Não sou uma pessoa de aglomerações, nunca fui. Prefiro um seleto grupo de amigos. E gosto bastante de estar com estas pessoas, mas preciso, necessito, meus momentos de quietude. Quem respeita isso se torna um aliado. Também tenho hábitos bem simples, vivo com pouco, muito pouco, tenho pouca roupa, gosto de comida pouco processada, enfim, uma perfeita candidata ao eremitério. Assim como os andarilhos, acho que os eremitas partilham de um modo de vida muito parecido. Na verdade, um andarilho é um eremita nômade. Sua morada é em si mesmo.

http://www.rockwell-center.org/wp-content/uploads/2011/07/Cady-Harrison_The-Hermit-of-the-Wood1.jpg
As mesmices humanas me cansam, as fofocas, as briguinhas por poder, os preconceitos, a inconsequência, o prazer em ser robô. Um dia, quem sabem abrace este modo de vida que tanto me seduz. Esquisita eu já sou tida por e loucura, convenhamos, mil vezes uma loucura da paz do que ser "normal" e infernizar a vida dos outros. Ainda não sei se vou ser uma eremita sedentária ou nômade, mas de um certo modo acho que sou medrosa em não fazer isso já. Assumo meus medos.

Alguns links sobre o assunto:


http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/45/The_habitation_of_a_hermit.jpg

3 comentários:

  1. Melhor ser eremita em lugar fixo para poder manter animais junto a si.
    Sem as modernices sou capaz de viver, mas sem meus parceiros jamais!
    Fique bem.
    Beijinhos,
    Beth

    ResponderExcluir
  2. Vi num dos links que coloquei, um eremita que vive com dezenas de cães hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Sempre penso que esse mundo moderno é um péssimo lugar para evolução espiritual. Ou talvez, mais desafiador para esse fim. Todo mundo numa correria frenética em busca do poder e ao mesmo tempo perdendo a essência de ser humano!

    ResponderExcluir

É muito bom ler outras pessoas participando aqui mas, por favor, eu também quero comentar: retirem a verificação de palavras do blogue de vocês!
Obrigada!