30 de set de 2014

Crianças e gatos


Todas as imagens aqui: http://www.boredpanda.com/children-playing-with-cats/

11 de set de 2014

Quadros e molduras verdes

Este é um tipo de artesanato que eu amaria aprender a fazer. Logo me mude para Porto Alegre, quero "enverdecer" algumas paredes assim, já que o espaço vai ser pequeno.


Olhem que coisa linda:
http://www.coletivoverde.com.br/paredes-verdes/
http://www.tretando.com/fotos-de-modelos-de-quadros-vivos-paisagismo/
http://www.arteemanha.net/2012/05/jardim-vertical-de-plantas-suculentas.html

10 de set de 2014

Banana amassada da manhã

Não, não, não é café-da-manhã, mas banana amassada da manhã. 
Nunca tive jeito, paciência e disciplina para tomar um "café-da-manhã de hotel", daqueles de propaganda de televisão, sabe? Talvez funcione em países onde o turno da manhã começa às 9h, mas aqui em que, geralmente, começa às 8h e, em algumas universidades às 7h ou 7h30 não dá, né?!
Pensei, pensei em como sair de casa bem alimentada, mas com algo rápido e saudável. Encontrei na banana amassada.


  • 1 banana amassada
  • 1 colher (sobremesa) de farelo de aveia
  • 1 xícara (café) leite de soja
Ou seja, fruta (regulador) + aveia (energético) + leite de soja (construtor). De vez em quando, coloco uma pitadinha de canela em pó.
Prontinho, saio bem feliz e satisfeita!

9 de set de 2014

Meu suco verde

Meu suco verde tem esta base:



  • 1 ou 2 folhas de couve
  • 1 maçã
  • meio pepino
  • 1 limão
  • quase sempre, meia cenoura
Eventualmente, vario colocando alternadamente uma polegada de gengibre ou umas folhinhas de hortelã ou uma fatia de abacaxi ou uma pitada de sementes de chia etc.
Bato tudo no liquidificador (limão lavado e COM casca), passo pelo coador e tomo na hora. Não enjoo a receita e é maravilhoso depois da caminhada, chegar com sede, fazer um copo de liquidificador do suco e beber. 
Quando me mudar, tenho planos de ter uns 2 ou 3 pés de couve para ter folhas sem agrotóxicos e fresquinhas. Eu AMO couve! Adoro couve refogada com alho *nhom nhom*.

3 de set de 2014

Trombeta do cabo

Estas fotos são do ano passado. Tirei no Jardim Botânico de Porto Alegre, em outubro. Faz muito tempo que eu queria saber o nome de uma flor de minha infância. Esta flor era muito comum e nós, crianças, tínhamos duas principais utilidades para elas: 1. chupar o néctar, 2. nas flores não abertas, batíamos na testa e fazia um barulhinho *ploft*. Tinha até uma brincadeira, mas eu não me lembro bem.
É a trombeta do cabo, por ser oriunda da Cidade do Cabo (África do Sul).
Minhas fotos:






Tem esta variedade amarela, que eu nunca vi, mas que deve ser muito bonita [foto da internet]: