3 de jan de 2016

Gente como a gente

Amizade é algo muito importante para mim, sempre foi. Umas épocas mais, outras menos, mas sempre foi um dos pontos de apoio na minha vida. Não é de estranhar, portanto, que eu tenha amizades de décadas. 
Também não sou do tipo que chama conhecidos de amigos, para mim, para ser amigo não é qualquer um que mostre os dentes e dê tapinhas nas costas.
No segundo grau (hoje chamado ensino médio) eu tinha uma turminha em que éramos quatro amigas, sempre unidas. Uma a gente, praticamente, perdeu contato. Tentei puxar conversa, quando eu tinha Facebook, mas a pessoa acho que não quer muita aproximação. Outra, apesar de morarmos em estados diferentes, já conversamos por e-mail e, um dia, pretendo reencontrar ao vivo. E a Akemi mantínhamos contato em Porto Alegre, quando ela foi para o Japão e agora em que, também mora em outro estado, mas fazia bastante tempo que a gente não se encontrava pessoalmente. Hoje conseguimos.
Encontrei com ela e com a família dela e sabe aquelas pessoas com as quais a gente se sente à vontade, bem e que é gente como a gente? Pois é, foi assim. A Akemi e a família dela são como eu e minha família, a gente se aproxima, mas não força, conversa e respeita os silêncios, acolhe e nos faz sentir de casa.
Enfim, foi um almoço e tarde super agradáveis, com gente super do bem. São estas amizades que eu guardo bem guardadas no meu coração.

35 anos de amizade não são para qualquer um!

2 comentários:

  1. Isso sim é amizade sincera.
    Hoje em dia, em nome de amizade, muita gente acha que ser fingido é ser legal.

    ResponderExcluir
  2. É verdade! Tanto tempo de amizade é uma prova e tanto de amizade! rererere Também tenho as amigas do meu tempo de colégio e é bem como falaste, umas, não querem conversa, e outras, é como se não tivesse passado tantos anos! Adoro os amigos! Adoro os velhos e os novos! E adoro fazer amizades!

    ResponderExcluir

É muito bom ler outras pessoas participando aqui mas, por favor, eu também quero comentar: retirem a verificação de palavras do blogue de vocês!
Obrigada!