31 de mai de 2013

"Festa estranha com gente esquisita..."

Adoro gente diferente, tanto que sou até uma delas!  Um de meus maiores orgulhos é ter amigos de todo tipo de fauna e flora: in e extraterrestres hehehe
http://tvbreakroom.com/wp-content/uploads/2012/04/Smile-3-mr-spock-10026308-700-530.jpg

Mas gosto, também, dos que são considerados "normais" desde que não me venham com proselitismo, com doutrinação: cada um na sua e todo mundo feliz! Cada um faz da sua vida o que quiser, desde que não prejudique outros e não queira me obrigar a fazer o mesmo.
http://www.brinquebook.com.br/imagens/livros/fotos/vovo%20diferen_b00825e0e6e85e3b63dfd4c9fd159cdd.jpg

Melhor ainda é gente que, apesar de diferente da maioria, age normalmente, pois ser diferente é normal, né? Aliás, digo assim diferente da maioria porque, para mim, todo mundo é diferente. Não ligo muito para a aparência de uma pessoa e não entendo muito como podem se preocupar com isso. Detesto quando, a vista de uma pessoa que se veste ou se porta diferente, lá vem um/a chato/a e me cutuca: olha ali, o que é aquilo?
Não tenho muita paciência para normóides!
http://3.bp.blogspot.com/_VMBPZ1otofQ/TBRJuWwDLsI/AAAAAAAAADg/TP9Y7gUTuqA/s1600/tumblr_kus9apHx6d1qzb9vjo1_500_large.jpg

Trabalho com pessoas surdas e já trabalhei em um lugar (Faders) onde circulavam colegas surdos, cegos, surdocegos, cadeirantes e por aí vai. Um dia fomos no aniversário de um senhor, cego (baixa visão) e pegamos todos o mesmo ônibus. Eu interpretando para o surdo que trabalhava conosco, pessoal entrando na plataforma para cadeira de rodas, ajuda a anã a subir, aquela farra e, claro, uma menina com problemas de locomoção teve que dizer: nossa, a gente parece que fugiu do circo!!! 
Na verdade eu me divirto mais com os olhares escandalizados dos outros...tadinhos...
http://modaparahomens.com.br/wp-content/uploads/Legenda-%C3%89-tanta-gente-querendo-ser-diferente-que-todo-mundo-anda-igual.jpg

Para isso não tenho limitações. Vejo pessoas que são rotuladas como minorias sendo preconceituosas com outros, pra mim isso é o fim! É homossexuais tendo preconceito com bissexuais e, ultimamente, infelizmente, com assexuais; são pessoas jovens não aceitando pessoas de mais idade alternativas e por aí vai. Preconceito e discriminação não é privilégio de nenhum grupo. Não são só os homens, brancos, de classe média alta que tem. Boa parte das pessoas categoriza de esquisita quem não lhe é espelho.
http://tavernablog.com.br/wp-content/uploads/2013/01/Festa-Estranha-com-gente-esquisita.jpg

Sinceramente? Pra mim, estranho é vestir terno e gravata (pra que serve a gravata, afinal?), é ser obrigada a seguir o script nascer-escola-namoro-emprego-casamento-filhos-netos-aposentadoria, é fazer plástica não precisando, é usar salto altíssimo e roupas desconfortáveis no dia-a-dia, é ter que vestir gala só pra ir em festa (geralmente chata), é fazer caras e bocas, é ser incomodada por som dos outros, é falta de consideração pela boa convivência. Fino é o morador de rua que pede com licença e diz obrigado e não a dondoca de carrão, cheia de paetês, e que não dá passagem ao ouvir com licença. 
http://www.modamodamoda.com.br/wp-content/uploads/2012/03/gravatas01.jpg

O mundo está precisando de mais gente estranha, mas com tolerância e aceitação. Gente tri esquisita e com finesse. Porque eu, na real, me sinto vinda de outro planeta. As pessoas são muito estranhas, por isso prefiro os animais. As cidades são muito psicopatológicos, prefiro o mato.
http://umatrapizonga.files.wordpress.com/2013/02/gente-esquisita.png

Por isso, não me cobrem normalidade ou me encaixar em algum grupo, sou eu e basta. Rótulo é pra embalagens, pra produtos. "Eu prefiro ser esta metamorfose ambulante..."

30 de mai de 2013

ERRATA: Minha quinta-feira: faxina com gatas

Tentando:

  • trocar a roupa de cama;
  • tirar o pó dos móveis;
  • por a roupa no varal;
  • varrer a casa;
  • limpar o banheiro;
  • lavar a louça.
[falantes de português: estou repetindo o texto para que ele possa ser traduzido pelos "vizinhos" de blog de outras línguas]

25 de mai de 2013

Visitas

Tô aqui, naquela roda-viva, mas sonhando com o tempo da liberdade (logo). Vi que já fiz umas visitinhas a algumas amigas blogueiras/gateiras (clique nos links):
E, confesso, estou devendo uma visita pra Laís
Ando com saudades, também, de meus amigos e amigas de POA, de nossas happy hours, dos contatos, da ligação, da aceitação.

Maravilha a gente encontrar os amigos para um chá
http://4.bp.blogspot.com/-nvsORjvNjaI/T6kcpdsNDNI/AAAAAAAAAdM/ytDtUhiWztc/s400/cha_amigas.jpg

um chimarrão
http://www.clicrbs.com.br/blog/fotos/150619post_foto.jpg

e até um vinhozinho...
http://www.ocaqui.com.br/blog/wp-content/uploads/2010/09/kiki.jpg

Tempos ainda melhores virão, assim quero acreditar!

24 de mai de 2013

O poder da gratidão


Cultivar a gratidão é um dos maiores poderes que temos e muitas vezes não sabemos. Porque a gratidão não é o maior bem de quem dá, mas de quem recebe. Parece estranho, mas é isso aí. Quando estou meio pra baixo, paro e começo a agradecer: ter corpo com saúde, abrigo, roupas, comida, paz em casa, cobertores, trabalho, poder respirar (ainda vou fazer uma postagem só sobre isso) etc. São tantas coisas que parece que um bálsamo vai se espalhando e, de repente, já estou melhor. Quando eu era mais jovem eu agradecia, mas não tanto, só por coisas mais extraordinárias, eu ignorava o tanto que tenho para agradecer. Com a sabedoria que vem com o tempo (e com os que sabem cultivá-la porque, vamos combinar, tem um monte de gente velha e ignorante da vida, né?) eu aprendi a cultivar a gratidão e desde lá isso é uma benção, um mantra, uma oração.
Ontem, especialmente, estava um dia difícil (e tem sido este semestre) e o poder da gratidão me atingiu em cheio, diluiu todas as manchinhas escuras da minha aura e me cobriu de alívio.
Agradeça por seus companheiros (humanos e não humanos), por sentir o cheiro (de manhã, o frescor da terra, é o máximo), por ver em cores (já viram coisa mais miraculosa do que ver...EM CORES?!), por sentir com o tato as diferentes texturas (o pelo das gatas, uma folha que caiu na minha cabeça enquanto eu estava na parada de ônibus, o rugoso do tronco da árvore ao lado da mesma parada de ônibus), enfim, temos tanto a agradecer.
Obrigada a vocês, amigas e amigos virtuais e presenciais, que enfeitam a minha vida!

P.s.: sim, me divirto em ver a reação das pessoas quando estou inebriada nas minhas "viagens" espirituais. O episódio na parada de ônibus quase me fez rir de algumas pessoas que me olham e devem pensar: essa aí tá doidona...hehehe

23 de mai de 2013

Gatos olhando para o nada....


A Clara Francesca é expert em fazer isso, especialmente no banheiro. Fica olhando pra cima, fixamente, como se acompanhasse alguma coisa. Eu imagino que seja uma lagartixa espiritual que está se depurando no banheiro para alcançar a iluminação. A tarefa deve ser: implique com a gata!


20 de mai de 2013

Cat Café ou Cat Sebo

Gente, tava lendo umas reportagens na Internet e vi esta aqui sobre os Cat Cafés:

http://blogblush.com.br/wp-content/uploads/2012/08/cd41e_katy-perry-cat-cafe.jpg

Tive uma iluminação! Sempre pensei em uma atividade alternativa para sobreviver. Ser professora é muito bom, coisa e tal, mas vamos combinar, somos pouco reconhecidos e valorizados. Seguidamente bate um desânimo, uma  tristeza...

http://3.bp.blogspot.com/-Q9GJ63_Nxdw/TzUKxKJVF6I/AAAAAAAAD8c/OL2jNfC19G4/s1600/Cat-Cafe2.jpg

Pois é, quando me bate esta deprê eu fico matutando no que eu poderia fazer. De tantas coisas, abrir uma casa de chá e café foi a que mais me atraiu. Pode ser pequenininha, eu realmente não preciso muito para viver.

http://blogblush.com.br/wp-content/uploads/2012/08/A-Cat-Cafe.jpg

O problema, além do tutu e da infra, é saber como isso funciona aqui em termos de licenciamento, pois se às vezes encrencam até com cão-guia para entrar nos lugares, imagina! Obviamente que só iria num Cat Café quem não tem problemas com os felinos e eventuais pelinhos.

http://farm9.staticflickr.com/8325/8098508032_ef308bf153_z.jpg

Aliás, uma Cat Livraria ou Cat Sebo rolava também...e uma livraria/sebo/café. Bem, neste entrevero aí está a chave do meu sonho futuro.
...
Para saber mais: 

19 de mai de 2013

Domingo+frio+chuva=

Cama, pijamas e gatos

provavelmente pipoca de tarde...
http://img2.etsystatic.com/006/0/5229901/il_fullxfull.390188526_12lt.jpg

só sei dizer que fazia muito tempo, mas mUUUito tempo que eu não passava um dia assim: pijamando

Até as gatas enjoaram de ficar deitadas e agora escuto barulhos estranhos pela casa e uns rabinhos em posição de rádio sintonizado passarem pela cama: a vida é bela!


17 de mai de 2013

Feliz Aniversário, Santa Maria - RS!

Hoje é feriado municipal, aniversário de Santa Maria. Como sempre agradeço à cidade que me acolheu, é um lugar bom de se viver, das cidades onde morei é uma das melhores, se não a melhor. Claro, como cidade do interior faltam algumas coisas e, falando a verdade, nem é por ser cidade do interior, pois conheço outras até com mais dinamicidade e recursos. 

http://img211.imageshack.us/img211/9665/03nh1.jpg

É uma cidade muito bonita, os morros que circundam metade da cidade são verdadeiras jóias de esmeraldas, imponentes e verdes. Do meu antigo apto eu via diretamente os montes, mas agora não, uma pena!

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/bb/Vista_de_Santa_Maria_(RS).jpg/280px-Vista_de_Santa_Maria_(RS).jpg

O melhor de uma cidade são as pessoas e, com raras exceções, o pessoal daqui é muito acolhedor. Um pequeno exemplo: estava indo para a UFSM, de lotação, meio dormindo, quando me dei conta de que não tinha dinheiro trocado, só tinha uma nota de 50. A cabeça funcionou a mil pra tentar lembrar se em SM tinha a tal lei do troco que existe em POA, que até determinada quantia o motorista ou cobrador (no caso de ser ônibus) são obrigados a dar troco. Sem saída bolei o plano, eu desço bem na entrada da universidade, pois iria dar a volta. Lá no fundão (o campus é enorme), na reitoria, a lotação para uns minutinhos e ali eu explicaria minha situação para o motorista e pediria para descer quando ele faz a volta e quase ao sair do pórtico da universidade, passa por uma farmácia, ali eu compraria alguma coisa e conseguiria o troco. Imaginei que iria quase apanhar, que o motorista iria me fuzilar com os olhos, cheio de raiva, como comumente acontecia em outras cidades. 

http://u1.ipernity.com/13/53/54/6795354.db84c16f.640.jpg

Pois bem, ele tranquilamente me disse "mas por que a senhora não tentou descer lá no início? Eu tinha troco sim". Ele me deu o troco, perguntou onde eu ia descer e sentei bem quietinha, agradecendo que o motora estava em uma dia bom, eu achava. Ele deveria estar na última viagem do dia, pois passou direto até onde eu desci e, agora vem a maior surpresa, ainda bem alegre puxa conversa sobre o dia estar bonito e ensolarado e que, tomara, continuasse assim até o domingo de dia das mães (isso aconteceu numa sexta-feira) e que faziam 4 anos e meio que ele não via a mãe dele e que, finalmente, iriam se ver naquele domingo. Resumindo: só aqui encontro gente assim e seguidamente. Gente conversadora, que dá um jeito em algum eventual problema e toca em frente. Tem gente doida e ruim? Claro! Mas em proporções mínimas.

http://wp.clicrbs.com.br/clicvestibular/files/2011/01/UFSM02.jpg
(Uma das fotos mais bonitas da UFSM. Ao fundo o Morro do Elefante, a vista é de tirar o fôlego e a subida também)

Eu não sei o que acontecerá de mim, ninguém sabe (acham que sabem nas não sabem). Se ficarei aqui, se irei para outro lugar...sei que carrego um bom sentimento sobre Santa Maria e um desejo enorme que a cidade avance, não no malfadado "crescimento econômico" que tanto destrói, mas crescimento de consciência, de ação e de mobilização para humanizar os espaços: mais praças e parques, mais bancos, mais paisagismo, mais flores, mais espaço para caminhar e bicicletar. Ver mais as gentes e não só estradas e prédios.

16 de mai de 2013

Faxina antecipada, frio e aconchego

Nem é sábado e mergulhei numa faxina. Explico: amanhã é feriado municipal, daí já me adiantei, aproveitando o dia frio, mas esplendidamente ensolarado para fazer uma geral. E geral mesmo, acho que estava precisando, depois de uma semana pesada, "limpar" física e astralmente a casa. Entraram na roda além dos tradicionais limpar chão, tirar o pó e lavar a louça, até os cobertorzinhos das peludas, capas de almofadas, limpeza e mudança de coisas na área. Roupas estendidas, sacos de lixo a postos para serem carregados pra fora, me planejando para agora à tarde ir buscar um cobertor que mandei lavar e comprar umas verduras pra fazer uma sopinha esperta. Diz a meteorologia que chove e continua a piorar o frio, então já me preparo para minha hibernação acadêmica (escrita, leitura, tese e que-tais...).


Hoje amanheceu com 2,5 graus e agora, apesar do sol, está soprando um vento frio. Nesta época, acho muito engraçado que as gatas são teleguiadas pelo sol. Até a dorminhoca Clara Francesca estava no chão, no meu quarto, esperando que o raio de sol que ela estava pegando se deslocasse, como sempre, para cima da minha cama. Nestas limpezas da casa eu já aproveito e faço algumas mudanças de lugar dos móveis, adoro! E quero crer que isto se reflita em mim, tenho esperanças de ares de mudança e até já me sinto mais calma de toda a semana PUNK que passou.


E o friozinho chama sopa, cobertores, ficar ao sol e me dá uma saudade de ter fogão a lenha. Olhem que foto linda, até parece uma pintura!

http://www.dauroveras.com.br/wordpress/wp-content/uploads/2013/01/vera_saojoaquim_web.jpg

Um de meus sonhos é ter uma salamandra (fogão a lenha de uma boca), como esta na foto abaixo. O bom é que até em apartamento dá para ter. Não neste agora, que não vou investir aonde não vou ficar, mas no que vai ser meu apartamento mais permanente. Dá para encaixar a saída, o cano, para a fumaça em uma churrasqueira (que eu não usaria). Fica quentinho e em cima sempre tem uma chaleira com água quente para o chimarrão (mate). Ô coisa boa!

http://www.diariodamanha.com/docs/P1090774.JPG

12 de mai de 2013

Mãe de gatos

Vocês sabem que não sou ligada nestas datas de dia disso, dia daquilo, mas hoje deu vontade me homenagear e a todas as mães de gatos [e de qualquer animal humano ou não-humano]!

http://i676.photobucket.com/albums/vv124/rosamar2948/blogTaruca/maeDeGato05.jpg
http://estudiorafelipe.blogspot.com.br/search/label/M%C3%A3e%20de%20Gatos

E do blogue do Borges, o gato, uma homenagem pra lá de fofa: http://www.borgesogato.com/minha-mae-humana-tao-felina/

Oficialmente desfeicibuqueada!

Pois é...este dia ia chegar, mais cedo ou mais tarde. Chegou agora, depois de várias analisadas. Falta de segurança; a conta de uma amiga invadida; a conta de um conhecido cancelada pelo próprio Facebook (autoritarismo pra quê, né?); muita, mas MUITA postagem repetida; morbidez campeando com fotos e vídeos de animais e pessoas em sangue; relações superficiais; nada de realmente significativo adicionado na minha vida etc etc. Tem coisas boas, claro que tem! Só que, para mim, chegou. Não me preenche mais, acho que nunca foi exatamente bom, mas sim viciante e como todo vício traz prazer atrelado à dependência. Em termos de "rede" os blogues são muito melhores, eu acho. Penso que o Facebook deixou algumas pessoas mais "moles", nem saber procurar meu e-mail de contato no perfil sabiam ou, se sabiam, tinham preguiça, deixavam lá uma mensagem como se eu entrasse todos os dias e tivesse a obrigação de ver.

http://blog.portoalegre.cc/sai-do-facebook-e-vai-curtir-a-praca-do-seu-bairro/

Agora preciso deste tempo para investir no fim do doutorado. Depois, QUERO este tempo pra fazer minhas coisas: ler, escrever, meditar, caminhar, dormir, simplesmente contemplar, comer bergamota no solzinho, praticar o nadismo...Tempo não volta, não se recupera. Afundando no estilo Zen: mais simplicidade e realidade, por favor!
Quem realmente importa, para mim, me manda um e-mail, liga (ok, não sou boa ao telefone, mas consigo manter uma conversa curta), aparece! E tem gente que até me visita no blogue de vez em quando ou regularmente. Destas pessoas, algumas eu já encontrei pessoalmente, visitei e se tornaram amigas reais.
Mais realidade!
Então é isso, e como curiosidade: não desativei a conta, excluí a dita cuja! Um dia, se quiser voltar, volto do zero, só que depois de se desapegar é difícil. Eu sou assim, com coisas e pessoas, custo a desapegar, mas quando abro mão...é pra virar a página mesmo!
Mais simplicidade, menos entulho na mente, mais fruição da vida, menos celeridade para se chegar a lugar nenhum. REALIDADE, sua linda, te amo!

...


Este vídeo é clássico!


11 de mai de 2013

Manhãs e tardes: hoje

De manhã o sol bate de um lado do apartamento, de tarde, do outro. Isto significa uma diária migração interna das gatas.

Clara Francesca, de manhã, fazendo "zoinho" na minha cama. Na verdade, ela fica quase o tempo inteiro no meu quarto mesmo.

Clara Francesca, de tarde, ainda no meu quarto, mas mais perto da fonte solar

Benta, de manhã,  procurando alguma arte para fazer do alto da estante

Benta, de tarde, bem mais comportada, curtindo um solzinho, protegida na toca [antes ela não dormia de tarde, aliás, mal dormia de noite]

Mel, de manhã, fazendo aquele barulhinho estranho (chattering) pra uma pomba

Mel, de tarde, meio mimetizada na cama e curtindo um pedaço de sol

Vantagem: de tarde, todo mundo no meu quarto e eu podendo trabalhar em paz aqui na sala. Ok, ok, tô fazendo uma pausa agora, tá?

Coisas mais fofas os poeminhas do Borges, o gato

Agora um poema felino
Minha mãe passa o dia longe
Trabalha feito uma louca
Mas pra sempre se lembrar de mim
Deixo-lhe um pelinho na roupa


Agora um poema felino
Um gato é tanta beleza, tanta fofura
Das orelhinhas até as patinhas
É como se fosse um pedaço de nuvem
Andasse sobre almofadinhas


Agora um poema felino
Eu poderia consultar um dicionário
Falar algo difícil e monumental
Mas para declarar o meu amor
Só preciso de um MIAU!

10 de mai de 2013

Que bagunça maravilhosa!

Me deu um enorme bem estar ver este entrevero de animais super felizes! Compartilho com vocês.

9 de mai de 2013

Pré-quase-hibernação

Chega o frio e meu sono aumenta drasticamente. MESMO! 



De tarde já começo a me sentir sonolenta e se nada me impedisse, eu dormiria, sem problemas às 20h. E isto é estranho porque não sou uma pessoa dorminhoca. 


Geralmente acordo cedo, nem na adolescência, fase normal de se dormir muito, eu abusava do sono. Também não sou de ir até meio-dia dormindo. 



Em suma, tenho sono localizado! Além de gordura localizada [no corpo], tenho sono localizado!!!
Esfria? Lá vem ele, olhinhos pesados, vontade de me entocar. Quando chega o inverno (real, não precisa ser o oficial) eu invejo os animais que hibernam...

http://4.bp.blogspot.com/-kt1TLaZrK3E/TrFd0Pfk-TI/AAAAAAAANQk/CR-ofh9lBtQ/s1600/hibernate+nikko-barber+urso+leitor.jpg

Para saber mais, veja:

5 de mai de 2013

A cuia verde de Santa Maria

Pois e não é que me esqueci de incluir nas minhas postagens sobre o chimarrão a cuia verde de Santa Maria?
Que vergonha! Logo da cidade onde moro! Então lá vai, muito linda, já passei por ela várias vezes em minhas caminhadas e achei de uma criatividade sensacional.

http://4.bp.blogspot.com/-UhGxYXDV1qo/Tz1oYed-kdI/AAAAAAAABug/3lct4Oe2KkY/s1600/foto1.JPG

4 de mai de 2013

Ninja Tchê!

Quando eu digo que cada coisa incrível acontece em Santa Maria nem me acreditam!

"Nesse meio tempo, o assaltante sacou um revólver e ameaçou o caminhoneiro. No entanto, imediatamente, o jovem arremessou a cuia contra o suspeito e gritou por socorro."


Montagem sobre desenho em: http://i1-news.softpedia-static.com/images/news2/Steve-Jobs-Stopped-at-Japanese-Airport-for-Carrying-Shuriken-2.jpg